A Capital do Fim

6/05/2009 / 21:21 /

.

Estamos há dois dias em Nouakchott, a capital do povo nómada e da Mauritânia. Chegámos ontem acompanhados por um calor abrasador que nos apanhou assim que saímos da costa atlântica e entrámos para o interior do deserto.

.

Hoje foi dia de descanso, tivemos direito a um tour privilegiado à cidade guiado pela Isabel, uma amiga antiga que vive na cidade já à alguns ano e que conhece como ninguém a cultura deste país. Depois de almoço demos uma pequena revisão nas motos e tivemos tempo até para uma sesta. Agora, depois de um por do sol no movimentado porto de pesca em plena praia, jantámos e estamos a preparar tudo para amanhã bem cedo avançar na direcção do Senegal. Entretanto criámos uma nova regra na viagem, de agora em diante quem vai escrever aqui no blog serão os viajantes, todos, um em cada dia, contando como sentiram, o que viram e como estão a viver esta aventura. O Ricardo Almeida é o primeiro:

,

Chegamos ao fim...
Chegamos ao fim de uma travessia de um deserto mítico.
.

.
De um deserto que é um espaço imenso de nada, mesmo nada, milhares de Kms quase sem ver uma árvore, sem ver um único rio desde que passamos na foz do fantástico Oued Draa, nada, apenas calor e areia...
Muita areia mesmo, por todo o lado, nas dunas, nas cidades, nos passeios, na estrada, nas motas, em nós.
.
Chegar a Nouakchott simbolizou a chegada a um fim de uma etapa que acreditávamos que iria ser duríssima e repleta de dificuldades, mas graças a uma excelente preparação do staff rolamos até aqui sem qualquer contratempo nem cansaço excessivo.
.
Nouakchott é um fim em si mesmo, é como um barco encalhado igual aquele que vimos naquela paisagem fantástica do cabo Blanc quando por lá passamos. Aqui as coisas usam-se até acabarem, até caírem para o lado de velhas. A cidade também parece ter encalhado aqui na areia e por aqui foi ficando a desgastar-se na praia.
Não poderia ser melhor o sitio escolhido para o fim desta etapa, na Capital do Fim.
.
Hoje carismáticamente instalados no Auberge Sahara, na companhia da Isabel, sonhamos com a outra etapa que se inicia amanhã, o Senegal... e prometem-nos o Paraíso...

Amanhã a aventura continua a caminho daquela África que fica depois do Sahara, e vamos para lá na melhor forma possível... com bons amigos e com as nossas Motas : )
.

Etiquetas:

7 comentarios:

Anónimo on 6 de junho de 2009 às 13:13

Lindo

Luis Deus

Comment by Carlos on 6 de junho de 2009 às 15:42

Muito obrigado ao Ricardo pela descrição na primeira pessoa!!!!

Abraço,

Carlos Martins

Anónimo on 7 de junho de 2009 às 13:39

continuem a deliciar-nos com as vossas cronicas

abraços


Nuno Martins

Comment by pmafra on 7 de junho de 2009 às 19:21

Ora aí está algo que acho espectacular e já tinha comentado: cada um registar o que lhe vai na alma, ao experimentar algo tão magnífico que deve ser fazer esta viagem! Parabéns pelo texto! É assim mesmo. Não guardem tudo só para vós!!! eheheheh
Continuem a deliciar-nos ;o)

Um grande abraço para todos os vadios!

Anónimo on 7 de junho de 2009 às 21:26

Um Grande Abraço e tudo a correr pelo Melhor

Rui Baltazar

Comment by Carlos Almeida on 9 de junho de 2009 às 02:09

Estes posts são uma como uma garrafa de oxigénio para os que ficam! Continuação de boa viagem.
Carlos Almeida

Comment by A Constança on 11 de junho de 2009 às 15:45

Olá!
Que inveja dessas palavras e dessas fotos.
Que venham muitas mais aventuras para ler e deliciar...
Beijinhos
Lily

Enviar um comentário